O centro velho de São Paulo

02

dez
2017

O centro velho de São Paulo

Posted By : Carmelo/1150

Tipo de Roteiro

Conheça o bairro mais antigo, onde nasceu a cidade de São Paulo

Como chegar

Pode chegar no metro ate ou São Bento

Duração

Recomendado um dia inteiro para visitar os monumentos e lojas propostas, e se tiver tempo pode passar pela 25 de Março ou visitar o Teatro Municipal.

Um passeio ideal para se conhecer São Paulo a pé com certeza precisa incluir o centro antigo da cidade. O principal atrativo é que há muito lugar bacana para se visitar e todos eles estão muito próximos uns dos outros.

 

Edifício Altino Arantes Ver no mapa

O passeio pode começar nas alturas. O Edifício Altino Arantes é um dos prédios mais emblemáticos da capital paulista. Também conhecido como Edifício Banespa ou simplesmente Banespão, foi por muitos anos o maior arranha-céu da América do Sul.

O prédio é aberto à visitação para o público que pode conferir a vista da cidade em 360°, mas atualmente esta fechado por obras desde 2015, com previsão de ser aberto em 2018.

 

Catedral da Sé Ver no mapa

Vários templos importantes podem ser visitados na região, vestígios da presença dos Jesuítas nos primeiros anos de colonização.

No entanto, entre os passeios possíveis, é impossível não visitar a Catedral da Sé.

As dimensões da Igreja são de surpreender. Ela é considerada o quarto maior templo neogótico do mundo e na metrópole paulistana ela é a maior.

Embora construída em um estilo pouco comum com a cultura brasileira, o estilo neogótico, alguns elementos arquitetônicos dão o tom de brasilidade como detalhes típicos da fauna e da flora nas colunas de 70 metros de altura, ou ainda ramos de café, além de tatu-bola e até mesmo tamanduá-bandeira.

 

Pátio do Colégio Ver no mapa

A apenas alguns passos da Igreja da Sé é possível visitar um sítio arqueológico que remete aos primeiros anos da fundação de São Paulo.

O Pátio do Colégio é o marco inicial do nascimento da cidade. O lugar que recebeu as primeiras instalações dos jesuítas formam hoje um complexo que integra igreja, biblioteca e museu.

Um elemento interessante é que na área externa foi conservada uma parede de taipa de pilão original do período colonial.

Se precisar de um descanso, o local oferece o hospitaleiro Café do Pateo, com café produzido artesanalmente em terras paulistas e um pão exclusivo cuja receita está alinhada à alimentação dos jesuítas.

 

Centro Cultural Banco do Brasil Ver no mapa

O Centro Cultural Banco do Brasil ocupa um prédio construído no começo do século XX, localizado bem no centro histórico da cidade. Destaque para o lustre do hall e nas diversas luminárias que podem ser vistas pelas paredes, todos em estilo art déco.

Outro elemento que rouba a cena é o vitral superior, adornado com motivos florais em art nouveau. O espaço abriga exposições, mostras de cinema e peças de teatro. Há também um café, que ocupa uma área interna e externa, bem agradável para uma pausa.

Para quem for conferir a programação noturna do lugar, o CCBB disponibiliza gratuitamente o translado do centro para outra região.

 

Casa de Francisca Ver no mapa

Se a ideia for almoçar pelo centro, a dica da vez é conferir o cardápio da Casa de Francisca. O lugar acaba de ser inaugurado no centro e é muito mais que um simples restaurante.

Instalado no histórico Palacete Teresa, o lugar foi a primeira loja de instrumento da cidade e chegou até mesmo a sediar a rádio Record, na época de ouro do rádio no Brasil.

A restauração carregou a sina do ambiente. Hoje é um espaço musical e tanto o almoço quanto o jantar estão sempre acompanhados de boa música.

 

Casa Mathilde Ver no mapa

Hora da sobremesa? O destino certo é a Casa Mathilde – Doçaria Tradicional Portuguesa.

Na esquina da Rua São Bento, o local que já recebeu o primeiro restaurante Fasano é o principal lugar na cidade para apreciar os melhores doces portugueses, como o pastel de nata, pastel de São Bento e a Queijada de Sintra.

A casa segue à risca toda a tradição envolvida com a fabricação dos doces, sem deixar nada a desejar para os que são feitos na terrinha.

 

Mosteiro de São Bento Ver no mapa

Outro símbolo da fé presente no centro histórico e que vale a visita até mesmo para os que não são tão devotos é o Mosteiro de São Bento. As origens do prédio remontam ao período colonial, tal como o pátio do colégio. O conjunto beneditino atual integra a Basílica de Nossa Senhora da Assunção, o Colégio de São Bento e o Mosteiro.

Conforme tradição da ordem religiosa, a basílica conta com coro, onde os monges realizam o ofício divino, um rito tradicional romano acompanhado de canto gregoriano.

Desde 1999 é possível conferir ainda a Padaria do mosteiro, onde se pratica o comércio de pães, geleias, biscoitos, bolos, etc. As receitas são seculares e transmitidas apenas aos monges que fabricam as iguarias.

Não para por aí, no último domingo de cada mês o mosteiro abre as portas para oferecer um brunch repleto de gostosuras produzidas no próprio mosteiro. É preciso conferir no site sobre a disponibilidade de ingressos pois são muito disputados.

Se conhecê algum lugar legal para visitar, adoraríamos se você comparte suas experiencias

Deixe o seu comentário

Please enter comment.
Please enter your name.
Please enter your email address.
Please enter a valid email address.
Logitravel
Logitravel